Com greve, perda na agropecuária é de pelo menos R$ 4,28 bi

Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

Com a greve dos caminhoneiros, os setores de leite, frutas, aves e suínos registraram perdas iniciais de R$ 4,28 bilhões, segundo os cálculos do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). As informações foram coletadas com associações de produtores e com a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

O prejuízo deve ser ainda maior, já que os dados de difícil verificação, como os impactos futuros e indiretos, foram retirados dos cálculos. “A CNA disse que houve descarte de 289 milhões de litros de leite, pegamos o valor médio e estimamos a perda de R$ 360 milhões para o segmento”, explicou José Ronaldo de Castro Souza Júnior, diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea.

O Ipea ainda aponta que a atividade agropecuária foi uma das mais afetadas nos 11 dias de greve dos caminhoneiros. O estudo destaca que os produtores de animais tiveram que reduzir o rebanho por falta de ração, enquanto hortaliças e frutas foram descartadas porque não conseguiram chegar aos centros de distribuição.

Fonte: metro1.com.br

Foto : Jonas Oliveira/ANPr


Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

SEM COMENTÁRIOS