DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

196
COMPARTILHE

Dia 18 de abril é lembrado como Dia Nacional do Livro Infantil.

A data foi criada em 2002 em homenagem a Monteiro Lobato, um dos principais autores da literatura infanto-juvenil brasileira.

Escrever para crianças é sonhar com futuro afortunado de leitores. Ler pode ser um momento de festa para crianças e jovens desde que as palavras sejam apresentadas como um convite para outros caminhos.

Acredito que os livros infantis possam estender a fantasia, a esperança que aos poucos a vida adulta nos rouba. O hábito da leitura pode preservar o que há de melhor na infância, resguardar esse poder nato que as crianças possuem em surpreender com a imaginação, por isso a importância de ser incentivado (a) á leitura desde cedo.

O uso dos livros infantis nas salas de aula oferece às crianças a possibilidade de um mundo melhor. Experimentem oferecer histórias além das tecnologias.

Sempre tive a companhia de livros na minha infância, antes mesmo de ir para a escola, já conhecia diversas histórias, que eram contadas por meus familiares.

Já tive coleções de gibis.

Sonhei em ser a Joanita de Souza.

Rasguei e publiquei poemas.

Já experimentei escrever histórias de aventuras que se perderam em rimas.

Já tive educandos que nunca leram por prazer,

Mas, que souberam vencer e ultrapassaram minhas expectativas.

Já sorri de comentários bem inteligentes, retirados dos livros coloridos da infância.

Contemplo me empolgo e convido leia um livro!

Deveras perdido, bem perto de você!

Hora da leitura

– É hora da leitura!

Gritou a mestra Geraldina:

Quero todos muito atentos: meninos e meninas!

Pra você que torce o nariz

Aqui só Vale é ser feliz.

Abre o livro e divide comigo

Os tantos perigos;

A palavra mágica!

Esqueçam os cintos há quem saiba voar

Nada mais te segura

Vai propagar a hora fantástica

É a ginástica do memorizar

– É hora da leitura corre e vem ver

Curiosidades científicas

Mil aventuras acontecer

Um passeio lá na lua…

Ocupar todo espaço.

Guerras e fantasias

Vencidas num abraço.

Hora da leitura…

Leitor dedicado

Jamais ficará isolado.

Renata Poeta-Poesia para gente minúscula-2014.

 

Redação Pombal FM

Escritora e Poeta Renata Reis