Médicos residentes paralisam atividades em todo país nesta quinta

Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

Médicos residentes de todo o país irão parar as atividades na próxima quinta-feira (24), em um movimento nacional que reivindica a valorização da residência médica e protesta contra transformações que aconteceram na área após a promulgação da Lei dos Mais Médicos pelo governo federal. A categoria alega que o programa compromete a qualidade da residência médica no país e que há um desmanche da área com o corte de verbas no Sistema Único de Saúde (SUS). Em Salvador, os médicos realizarão uma manifestação em frente ao Hospital das Clínicas, no bairro do Canela, quando pretendem conscientizar a população sobre a importância da valorização do SUS. Após o protesto, os residentes se reunirão em assembleia no Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed-BA) para discutir os rumos do movimento. Na pauta de reivindicações da categoria, estão a fiscalização imediata de todos os programas de residência do país; fim imediato da carência de 10 meses para que médicos residentes possam usufruir de seus direitos junto ao INSS; garantia de auxílio-moradia; suspensão dos cortes orçamentários; plano de carreira e de valorização para médicos preceptores e plano de carreira nacional para médicos do SUS.

Fonte: Bahia Notícias


Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •