Motorista quebra o silêncio sobre acidente que matou Cristiano Araújo: “perdi o controle do carro”

Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

Quase dois meses após o acidente que vitimou o cantor Cristiano Araújo e sua namorada, a estudante Allana Moraes, o motorista que dirigia o veículo quebrou o silêncio. Em entrevista ao apresentador Geraldo Luis, no programa ‘Domingo Show’, Ronaldo Miranda contou como foram os últimos minutos antes do capotamento do carro na madrugada do dia 24 de junho. O assessor Vitor Leonardo também estava com eles.

Ronaldo afirmou que tudo estava tranquilo no carro quando ouviu o barulho de pneu estourando. “Eu estava calmo e na hora pensei: ‘vou ter que sair pra trocar o pneu’. Mas logo em seguida perdi o controle do carro”, revelou. O motorista garantiu que só estava consciente na primeira capotada e que só voltou a si quando estava sendo tirado das ferragens: “não vi mais nada”.RTEmagicC_f3e01c6681.jpg

Ronaldo também fez questão de dizer que ele e Cristiano se conheciam há 4 anos e que, além de motorista, era amigo pessoal do cantor. “Quando ele estava sozinho no carro comigo ia no banco da frente. Não precisava nem pedir que ele já botava o cinto, mas quando a Allana estava eles iam juntos atrás, ele deitado no colo dela. Aí nem dava pra botar cinto”, explicou comprovando que o cantor e a namorada não usavam o equipamento de segurança no momento do acidente.

O motorista revelou ainda que, na volta do show, no dia 24 de junho, todos os quatro ocupantes do veículo saíram da cidade por volta de 2h20 da madrugada e ainda pararam em um posto para comprar um lanche. “Todo mundo estava acordado no carro, comendo. O acidente aconteceu uns vinte minutos depois disso”, disse o motorista, negando que tivesse cochilado no momento do acidente”, contou. Ele admitiu que não olhou o velocímetro, mas que devia estar a mais de 130km/h no momento do capotamento.

Fonte: Correio da Bahia


Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •