“O tratamento da Catarata é somente cirúrgico”, diz Dr Cristiano do Hospital de Olhos da Clínica Viva.

138
COMPARTILHE

O atendimento oftalmológico é feito de segunda a sexta-feira no Hospital de Olhos da Clínica Viva, sendo que as cirurgias de Catarata são realizadas uma vez por mês por Dr Cristiano Pinheiro, Especialista em Cirurgia de Catarata. 

Dr Cristiano recebeu a nossa reportagem na sexta-feira, 10, no finalzinho da tarde da última sexta-feira, 10, logo após terminar os procedimentos cirúrgicos marcados para aquele dia, e falou um pouco dessa doença que compromete um órgão interno do olho chamado de cristalino.

Segundo o cirurgião o cristalino, como o próprio nome diz, é um órgão transparente e à medida que a pessoa vai avançando na idade, começa a enxergar as coisas de forma opaca, embaçada e amarelada, passando a ter dificuldade de reconhecer as cores que ficam sem nitidez e real definição, fazendo com que o paciente enxergue cada vez menos, resultando de forma lenta e progressiva na perda total da visão.  

A principal causa da Catarata, ainda segundo o especialista, é a idade. Quanto mais avançada é a idade da pessoa, mas chance ela tem de desenvolver a chamada Catarata Senil. “Todo mundo vai ter Catarata um dia se viver o suficiente para isso”, adverte Dr Cristiano, que faz a observação de que a maior incidência é nas pessoas a partir dos 65 anos, mas ultimamente muitos pacientes abaixo dessa idade têm apresentando a doença, e estudos vêm sendo feitos para saber a razão dessa incidência nas camadas mais jovens. Existe a suspeita de que seja o sol devido a destruição da camada de ozônio ou os hormônios da alimentação, mas isso não esta devidamente comprovado. “Hoje nós estamos vendo Catarata em pessoas mais jovens, mas mesmo assim a idade padrão para o desenvolvimento de Catarata é mesmo a partir dos 65 anos”, sentenciou. 

Ele alerta ainda que o diabetes mal controlado é outro fator de risco independente da idade e que crianças cujas mães tiveram algum problema na gravidez podem nascer com a chamada catarata congênita.

Dr Cristiano deixa bem claro que não existe outro tratamento da Catarata a não ser o cirúrgico. Nos dias atuais, existem equipamentos modernos e profissionais altamente qualificados para realizar a cirurgia com extrema segurança apesar de sua complexidade. 

Dr. Cristiano destacou a importância da visita frequente ao oftalmologista para uma avaliação, e uma vez detectada a doença, o paciente decide junto com o profissional que o atendeu o melhor momento para realizar a cirurgia.

Diferente do pensamento que existia no passado, “hoje quanto mais cedo você opera, a cirurgia é mais segura e menos complexa de ser realizada”, diz Dr Cristiano Araújo informando que depois do procedimento cirúrgico a recuperação da visão é praticamente imediata, entre 48 e 72 horas.

Redação pombalfm.com.br