Homem se passa por representante do FNDE e aplica golpes em professoras de Escola Municipal de Valente

Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

De posse de um crachá, um golpista que se passou por representante do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação ) e aplicou golpes em duas professoras da Escola Municipal Cecília Meireles nesta terça-feira (23/05).De acordo com informações da direção da Escola o bandido golpista antes passou em uma outra escola municipal da cidade.

O golpe ocorreu quando ele disse que também vendia eletrônicos e eletrodomésticos. Duas professoras caíram no golpe porque deram entradas de 200 reais cada , em supostas compas de produtos na mão do golpista.

O bandido falou ainda que a mercadoria já estava sendo entregue nas escola das região e que iria entregar na Luís Eduardo na cidade e logo em seguida pela parte da tarde entregaria na Escola Cilicia Meireles.

Logo quando perceberam que foram vítimas do golpe, as professoras da Cecília Meireles fizeram uma busca na internet e descobriram que o mesmo homem aplicou os golpes na cidade de Ilhéus na Bahia . Logo as professoras e a direção da Cecília Meireles fizeram um alerta nas redes sociais avisando do ocorrido para outras escolas de Valente e região.
Veja:

“ Estelionatário em escolas de Valente, aplicou golpe na Cecília Meireles, cuidado, oferece produtos informática, se faz de funcionário do FNDE, preços bem abaixo da tabela comum, e dando brindes, pega a entrada em dinheiro e some ai buscar aparelhos…. Espalhem o máximo que puderem, ele pode está na região, e irá dormir em algum lugar da redondeza”. Alerta.

Esse mesmo bandido aplicou golpes contra professores na cidade de Ilhes em outubro do ano de 2016, veja as informações do site Fabio Roberto Noticias.

Exclusivo: homem se passa por funcionário do MEC e aplica golpe em escolas de Ilhéus
Nos últimos dias, esse homem que aparece nas imagens se dizendo ser representante do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, está aplicando golpe nas escolas da rede municipal de Ilhéus. Segundo informações, ele entra nas escolas alegando suposta entrega de materiais para a sala multifuncional.

O que chama mais atenção é que o golpista conhece sobre vários assuntos ligados à educação e, para concretizar a prática ilícita, ainda apresenta documentos falsos. Durante a conversa, o homem apresenta produtos com preços acessíveis como tablets, notebook e até TV. Sem perceber que estavam sendo ludibriados, alguns professores acabaram caindo no golpe pagando pelo produto que não receberam.
Se aparecer na sua escola, chame a polícia imediatamente!

Informa Bahia| Fotos: Reprodução Fabio Roberto Notícias


Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

SEM COMENTÁRIOS