Presidente do TRE assina parceria com municípios da 110ª Zona Eleitoral para cadastramento biométrico

TRE assina termo de parceria para trabalho de cadastramento biométrico com os três municípios da 110ª Zona Eleitoral.

Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, o Desembargador José Edvaldo Rocha Rotondano, esteve nesta quinta-feira, 31, em Ribeira do Pombal, onde assinou um termo de parceria com as prefeituras dos três municípios para a realização do cadastramento biométrico dos eleitores da 110ª Zona Eleitoral.

A Cerimônia foi realizada na Câmara Municipal por volta das 11:30 da manhã, e além do presidente da Corte Eleitoral baiana, participaram o prefeito Ricardo Maia, de Ribeira do Pombal, a prefeita de Banzaê, Jailma Dantas, e Ildinho, prefeito de Heliópolis, vereadores das casas legislativas dos três municípios e o juiz da comarca local, Dr. Paulo Henrique Santos Santana, que representou o juiz eleitoral Dr. César Augusto Carvalho Figueiredo.

Elias Brasil, presidente da Câmara, prefeitos Ildinho, Ricardo Maia  e Jailma Dantas, e o presidente do TRE, Desembargador Rotondano 

Antes da cerimônia, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral falou à nossa reportagem e disse que o convênio celebrado pelo TRE com as prefeituras é um termo de cooperação técnica para acelerar o cadastramento biométrico nos três municípios, já que na 110ª Zona Eleitoral a revisão eleitoral acontece em caráter extraordinário e obrigatório, chamando a atenção de que o eleitor tem até o dia 31 de janeiro do ano que vem para ficar quite com a Justiça Eleitoral, evitando assim ter o seu título cancelado, o que vai acarretar, por exemplo, restrições no CPF, dificultando cadastro nos Programas Sociais do Governo Federal, emissão de passaporte, receber aposentadoria ou pensão, além de ficar impedido de fazer matrícula em instituição de ensino superior, tomar posse em cargo público, entre outros impedimentos.

Presidente do Tribunal Regional Eleitoral falando com a reportagem da Pombal FM 

O Desembargador disse que o Brasil está passando por uma crise econômica, moral e ética, o que talvez esteja desanimando o eleitor quanto ao exercício do voto. Mas, segundo ele, o eleitor deve comparecer para fazer o seu cadastro biométrico porque a única arma que ele tem para mudar esse cenário de maus políticos e maus gestores observado no Brasil é o voto.

Sobre cadastro biométrico na Bahia, o presidente disse que quase 3 milhões de eleitores já estão biometrizados, sendo 1,5 milhão só este ano e a meta é chegar aos 3 milhões até o dia 31 de janeiro do ano que vem.

Aqui na 110ª Zona Eleitoral, até quarta-feira, dos 63.923 eleitores, 31.922 já haviam feito a sua biometria, ou seja 49,93% de todo o eleitorado dos três municípios, restando ainda 32.001 eleitores fazerem a coleta digital.

Redação pombalfm.com.br

Fotos: Ronald Santa Rosa e Mikael Gama

 

 


Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

SEM COMENTÁRIOS