Rodoviários aceitam retorno ao trabalho, mas ônibus ainda não circulam em Feira

No início da tarde desta terça, todos os veículos da frota emergencial foram vistoriados e plotados pela prefeitura

Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •  

Os ônibus do município de Feira de Santana ainda não voltaram a circular. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a expectativa é que o serviço seja retomado ainda na noite desta terça-feira (25). Este já é o nono dia consecutivo sem ônibus na cidade.

Os motoristas e cobradores que haviam interrompido as atividades ontem decidiram se apresentar às garagens temporárias das novas empresas prestadoras do serviço para retomada dos trabalhos. A decisão foi tomada durante assembleia organizada pelo Sindicato dos Rodoviários.

Na segunda-feira (24), a categoria aguardava o depósito dos salários relativos à primeira quinzena de agosto pela prefeitura, após acordo intermediado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Agora, prefeitura e empresas estão definindo detalhes sobre o atendimento aos estudantes, que têm direito a meia passagem, e aos trabalhadores que possuem créditos no cartão em decorrência da suspensão dos serviços pelas antigas prestadoras desde o dia 15 de agosto. A Procuradoria Geral do Município analisa o caso a fim de orientar a população o mais rápido possível.

No início da tarde desta terça, todos os veículos das empresas Rosa e São João, contratadas emergencialmente para fazer o transporte de passageiros urbanos nos próximos seis meses na cidade, foram vistoriados pela Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

Oito técnicos, entre engenheiros mecânicos, mecânicos e o diretor do Departamento de Transportes, Rodolfo Suzart, participaram do procedimento. “Estamos trabalhando para que os ônibus estejam liberados para fazer o transporte a qualquer momento”, disse o diretor.

De acordo com a prefeitura, os veículos passarão por reposicionamento dos torniquetes e da cadeira do cobrador, para atender à legislação local; eles serão colocados no sistema a partir desta quarta-feira (26).

A frota emergencial também está sendo plotada com a marca da prefeitura; parte dos veículos é das próprias empresas e a restante foi locada junto a empresas do setor, de acordo com o supervisor da empresa Rosa, Felipe Marcondes de Oliveira.

Fonte: Correio da Bahia


Compartilhe:
  •   
  •   
  •  
  •